Adquira o seu Coach

Shake de proteína x alimentos ricos em proteína: Necessidade ou moda?

ProteinshakeVs ProteinPowder header

Seja na TV, nas redes sociais ou na academia, os shakes de proteína estão ficando cada vez mais populares entre os atletas. Isso levanta uma questão: devemos usá-los como nossa fonte principal de proteína? Neste artigo vamos discutir os vários benefícios dos shakes de proteína e dos alimentos ricos em proteínas para que você possa fazer a melhor escolha.

Primeiro o mais importante: Vamos entender a importância da proteína

Todo atleta necessita de uma quantidade adequada de proteínas de boa qualidade. A proteína não serve apenas para ganhar massa magra e queimar gordura enquanto sem perder musculatura, ela também otimiza os níveis de hormônios anabólicos, aumenta o metabolismo em relação a outros nutrientes e melhora o perfil de risco para doenças cardiovasculares.

Então o que são os suplementos de proteína?

Proteína em pó vêm em diversas formas. As mais populares são as do soro do leite (whey), da soja e a proteína caseína. A mais utilizada é a do soro do leite (whey), porque é solúvel em água, contém uma elevada taxa de proteína e menos gordura. Além disso, é uma proteína completa, o que significa que contém todos os nove aminoácidos necessários para as necessidades alimentares. As pessoas que são veganas podem preferir proteínas da soja ou de origem vegetal.

protein shake

A próxima pergunta é: Realmente precisamos de shakes de proteínas?

No Freeletics dizemos que não necessariamente. Se você tem acesso a uma dieta normal e saudável que inclua proteínas magras, então deve ser o suficiente. Mas em circunstâncias específicas, shakes de proteína são uma boa alternativa. Veja o que considerar

Conveniência

Você é alguém com uma agenda agitada? Então, um shake de proteína pode ser a sua melhor opção. Eles são uma alternativa fácil, conveniente de uma boa fonte de proteínas completas e de alta qualidade. Então, se você precisa de um fornecimento rápido de proteína ou não consegue preparar uma refeição completa, um shake de proteína é, com certeza, uma opção melhor do que nada.

Velocidade

Um dos benefícios dos shakes de proteína é que eles levam cerca de 30 minutos para chegar ao músculo depois de ingeridos. Isso significa que são absorvidos muito mais rapidamente quando consumidos imediatamente após um treino. Por outro lado, alimentos sólidos demoram mais para digerir, o corpo precisa de mais tempo para processar a proteína e enviá-la aos músculos. Como você pode ver, proteína em pó tem vantagens quando é consumida logo após o treino mas, para o restante do dia, alimentos ricos em proteína são suficientes.

Teor de gordura

Além da digestão, outra grande diferença é o teor de gordura. A maioria das proteínas em pó e dos suplementos têm pouco ou nenhum teor de gordura. Então você perde os efeitos sinérgicos que você recebe ao comer carne de animais alimentados com capim e peixes.

Qualidade e quantidade de proteína

30g de pó de soro do leite contém cerca de 21g a 27g de proteína. Essa é a mesma quantidade de proteína em 113g de peito de frango , 250g de iogurte grego desnatado ou 1 ½ xícara de feijão preto. Embora o pó tenha uma concentração mais elevada de proteína, faltam outros nutrientes naturalmente encontrados em proteínas da carne, peixe, produtos lácteos ou grãos integrais. Alimentos ricos em proteínas contém vitaminas, minerais, carboidratos e gorduras saudáveis não disponíveis na proteína em pó.

Sabor e satisfação

Chocolate, côco, cookies and cream: não é nenhuma surpresa que a proteína em pó normalmente recebe o seu sabor de adoçantes artificiais adicionados. O uso de adoçantes artificiais em alimentos processados comerciais, mesmo em suplementos de saúde é generalizado. As vantagens são custos reduzidos e poucas ou nenhuma caloria. A desvantagem, é que esse sabor artificial nem chega perto da sabor natural dos alimentos frescos. Além disso, beber um shake de proteína nem de longe dá a satisfação de uma refeição de verdade.

protein food

Preciso de quanta proteína?

Se você é muito ativo, em geral uma boa indicação para a sua quantidade diária é de 1,5 gramas de proteína por quilo de peso corporal. Mas tome cuidado, não é bom consumir muita proteína. Um excesso de qualquer nutriente pode ser armazenado como gordura e levar a um ganho de peso indesejado. É claro que é mais difícil comer em excesso proteínas não processadas, como carne ou ovos do que carboidratos processados e gordura.

Não importa se você está tentando queimar gordura, ganhar músculos ou apenas permanecer saudável e satisfeito durante todo o dia, tanto a proteína dos alimentos quanto a em pó tem benefícios. Limite o uso de proteína em pó para quando você sentir que seu corpo realmente precisa de um fornecimento rápido de proteína, como no pós-treino, e dê preferências aos alimentos ricos em proteínas ao longo do dia. Lembre-se, uma dieta saudável e equilibrada é sempre a melhor escolha para os atletas.