Adquira o seu Coach

Self Care Week: coma bem e se sinta bem

IAmWhatIEat Market Final 72 copy

Quando se trata de nutrição, o self-care é bem simples - cuidar de si significa comer bem e comer bem significa cuidar de si. É como o frango e o ovo, um não pode existir sem o outro (e que aliás, recomendamos como parte de uma dieta saudável).

Por mais simples que pareça, praticar o self-care em nossas vidas ocupadas nem sempre é fácil. Pode ser difícil priorizar a si mesmo e conseguir esse importante "tempo só meu", que é crucial para o seu bem-estar físico, emocional e mental.

Há muitas maneiras de você praticar o self-care, mas talvez uma das melhores formas e mais fáceis de incorporar o self-care à sua rotina diária seja através da sua dieta. Afinal de contas, somos o que comemos.

Aqui estão as dicas do Especialista em Treino e Nutrição do Freeletics, David Wiener para você praticar o self-care na sua dieta:

1. Seja equilibrado

A nutrição adequada pode fazer maravilhas para o seu corpo e mente, te fornecendo energia para que você possa viver bem. Para garantir que seu corpo esteja funcionando da maneira ideal, você deve comer regularmente durante o dia, vendo a comida como o combustível que vai alimentar seu corpo e que permitirá que você tenha o melhor desempenho. Por isso, é importante ter uma dieta equilibrada que combine carboidratos, proteínas, e gorduras. Esses nutrientes vitais também são incrivelmente importantes para sua saúde, ajudando a reduzir o risco de doenças e infecções. No cerne de uma dieta balanceada estão os alimentos que são pobres em gorduras e açúcares desnecessários e ricos em vitaminas, minerais e outros nutrientes, incluindo frutas, legumes, grãos, óleos e fontes saudáveis de proteína.

2. Preencha metade do seu prato com frutas e vegetais

De acordo com um estudo recente, há uma correlação entre comer frutas e verduras e se sentir positivo, e essa é apenas uma das razões pelas quais eu recomendaria que, em cada refeição, metade de seu prato seja dedicado a frutas e legumes. Os benefícios da fruta e dos vegetais são infinitos mas, quanto mais colorido for o ingrediente, mais nutritivo ele é. Consumir alimentos azuis e roxos como beringelas e mirtilos melhora a digestão, reduz o colesterol, estimula o sistema imunológico e ajuda a combater a inflamação. Alimentos vermelhos como tomates contêm licopeno, um fitonutriente que ajuda a combater doenças cardíacas e certos tipos de câncer e folhas verdes são uma excelente fonte de cálcio, ferro, antioxidantes e carotenóides, que fortalecem os ossos, controlam a pressão sanguínea, melhoram o metabolismo e a função cognitiva.

nutrition1 copy

3. Coma com Atenção Plena

Comer com atenção plena é simplesmente estar atento enquanto você come, dedicando tempo para se concentrar nos alimentos que você come e em como esse alimento faz com que você se sinta. Ter tempo para comer e digerir sua comida também pode ajudar na perda de peso, ajudando seu corpo a identificar quando está cheio, evitando excessos. Para se encorajar a comer com atenção, coma suas refeições longe de distrações e garanta que você dedique tempo para fazê-las, em vez de pegar alguma coisa para comer enquanto estiver fazendo outra coisa.

4. Elimine os alimentos processados

Com muita frequência, os alimentos processados oferecem pouco ou nenhum benefício nutricional. Eles estão sempre cheios de calorias vazias e devem ser evitados sempre que possível. Se você pretende praticar o self-care na sua dieta, realmente tente limitar os alimentos processados que está comendo planejando com antecedência e preparando as refeições com antecedência. Uma das maneiras mais fáceis de fazer isso é preparar o suficiente para várias refeições saudáveis, para que você não precise gastar tempo cozinhando todos os dias. A preparação de refeições é um hábito fácil de adquirir; você não precisa ser super organizado e muitas pessoas acham que cozinhar é útil para meditação e auto-reflexão.

Pode parecer um grande esforço, mas considere que sua nutrição sempre vale a pena e é uma parte importante do self-care; afinal de contas, de que adianta treinar pesado quando o que você está colocando em seu corpo não é de primeira qualidade? Mas o self-care nutricional não deve ser aplicado só nos dias de treino. Ter uma dieta saudável equilibrada pode melhorar seu humor, bem-estar mental e saúde física geral. Precisa de uma ajuda? Baixe hoje o Coach de Nutrição do Freeletics.