Adquira o seu Coach

Pushups: muito mais que um treino de peitoral

Header Pushup KC

Você já se perguntou exatamente que músculos são trabalhados durante um Pushup bem executado? Com certeza não é só o seu peitoral e tríceps que fazem todo o trabalho. Os Pushups requerem a ajuda de muitos músculos importantes e muitas vezes inusitados. Continue lendo e descubra como é um Pushup no sentido anatômico e também por que os Pushups do Freeletics são um pouquinho diferentes.

O que são os Pushups?

O termo ‘pushup’ vem da descrição simples do movimento que está sendo executado: o ato de se empurrar do chão. Então, como exatamente é feito um Pushup? Na posição inicial, deite-se de bruços, com os braços dobrados e as palmas das mãos abertas no chão paralelas ao peito – seus cotovelos devem estar voltados para trás. Então, levante seu corpo inteiro “afastando-o do chão” até que seus braços estejam completamente estendidos. Em um movimento controlado, abaixe seu corpo de volta até o tórax tocar o chão novamente. Ao longo do movimento, seus ombros, quadris e calcanhares devem formar uma linha reta – como se estivesse na posição de Plank.

A anatomia do Pushup

Quais os músculos envolvidos na execução de um Pushup? Primeiramente, vamos dar uma olhada nos maiores músculos da cintura escapular: o músculo peitoral maior (um músculo grande do peito) é o mais evidente – digamos – um músculo que obviamente é trabalhado durante todo o movimento de um Pushup. A principal função do peitoral maior é a adução do braço de volta ao tronco – que basicamente significa mover o braço de volta para o peito, mantendo-o perto do corpo. Embora este seja o principal, há muitos mais músculos dentro da cintura escapular que trabalham juntos para realizar um Pushup:

  1. músculo peitoral menor (músculo peitoral pequeno)
  2. músculo serrátil anterior
  3. músculos deltóides (músculos dos ombros)

Além desses, os chamados músculos antigravidade (músculos vermelhos) na cintura escapular também estão envolvidos para manter o ombro, bem como a omoplata, na posição correta. Isso é importante porque garante uma boa transmissão de energia. A transmissão de energia significa que a força que você cria das mãos para os braços, até seu peito e tronco será transferida com eficiência. Em caso de mau posicionamento do ombro, haverá uma falta de transferência da força criada.

Ao olhar nas extremidades do tronco o músculo triceps braquial (tríceps) é o segundo músculo mais evidentemente trabalhado ao realizar um Pushup. Ele é formado por três pontas diferentes que são responsáveis ​​pela extensão do cotovelo quando esticamos o braço.

E continuamos com o tronco e as extremidades inferiores. Dentro do tronco, temos o músculo eretor espinhal (músculos das costas ligados à coluna vertebral), o músculo reto abdominal (também conhecido como tanquinho), o oblíquo externo abdominal (oblíquos), bem como os músculos abdominais internos músculos oblíquos abdominais internos e o músculo abdominal transverso, que mantém a coluna vertebral em uma posição estável e neutra durante um Pushup. Além desses músculos, o músculo glúteo máximo (glúteo) é responsável por segurar os quadris no lugar impedindo que caiam para frente. Um glúteo engajado também evita que a espinha caia criando um arco.

Pushups no Freeletics Bodyweight

No Freeletics, damos muita importância para a técnica e qualidade do movimento. Ao executar um Pushup, seus cotovelos sempre devem estar virados para trás e próximos do seu corpo. Por quê? Porque isso coloca seus ombros em uma posição estável, natural e saudável, reduzindo assim as chances de ocorrência de uma lesão. Se seus braços ficarem abertos para o lado, isso coloca uma enorme pressão sobre a estrutura do tecido muscular, bem como nos ligamentos e na articulação dos ombros. Mas esse tipo de Pushup não é mais difícil? Embora possa ser verdade, a segurança sempre deve vir primeiro. Com o passar do tempo, quanto mais você praticar, mais força irá desenvolver e os Pushups ficarão mais fáceis. Então lembre-se: sempre mantenha os cotovelos próximos ao seu corpo.

Outro fato sobre o Freeletics: Você já se perguntou por que queremos que seu peito toque o chão em cada repetição? A razão disso é aproveitar o máximo de cada repetição, pois todas terão a mesma amplitude de movimento.

Assista o vídeo tutorial

Caso você ainda tenha dúvidas de como é um Pushup perfeito, assista o vídeo tutorial ou visite o nosso Blog onde você encontrará os erros mais comuns no Pushup que você com certeza deve evitar.

Vamos recapitular

Sim, os Pushups funcionam principalmente nos grandes músculos do tórax, bem como nos tríceps. Mas, tenha em mente que há muitos outros músculos envolvidos, fazendo do Pushup um ótimo exercício para todo o corpo.