“A variedade que eu precisava para alcançar ainda mais.” – A história do Michael com o Gym e o Bodyweight

Blog Fettwech Header

A história de Michael não só atesta uma grande transformação do Freeletics, ela ainda vai além e conta como fazer do treino com o Freeletics um estilo de vida completo. Michael é um dos Atletas Livres que já começaram a usar uma combinação de Coaches do Freeletics com sucesso. Há dois anos atrás, na época em que ele gnahou 20 kg, decidiu começar com o Freeletics Bodyweight para recuperar a forma. Mesmo depois da 15ª semana de Coach, ele não desistiu. O Freeletics se tornou seu estilo de vida e ele aproveitou cada segundo. Desde o início deste ano, o Michael encarou um novo desafio. Ele integrou o Freeletics Gym Coach em seu plano de treino. E agora veja os resultados dele e como ele conseguiu.

michael_pt

Quando você começou a treinar com o Freeletics?

“Comecei com o Freeletics em abril de 2014, depois que mudei minha alimentação em janeiro de 2014. Eu já tinha perdido 15 kg nos primeiros três meses, mas queria aumentar ainda perder mais peso ainda por meio do esporte.”

Com qual Coach você começou primeiro?

“Comecei com o Freeletics Bodyweight Coach e, em seguida, adicionei o Freeletics Gym Coach para complementar o meu treino.”

Por que os Coaches são a combinação perfeita para você?

“Em fevereiro comecei com o Freeletics Gym, que foi a primeira vez que treinei com pesos de verdade. Eu acho que o Freeletics Bodyweight Coach e o Freeletics Gym Coach são ferramentas perfeitas para combinar treinos de cardio e força. Desde que comecei a combinar o Gym Coach ao meu plano de treino percebi muita melhora no meu condicionamento físico geral e no meu ganho de massa muscular.”

blog-fettwech-900x730-gym

Com qual frequência você treina e como combina os diferentes sistemas de treino?

“Eu treino cerca de quatro a cinco vezes por semana. Às vezes treino até duas vezes por dia. Eu adoro fazer uma sessão bem cedo. Costumo levantar entre 05h20 e 05h40. Não tem jeito melhor de começar o dia do que começar treinando. Depois de um aquecimento rápido, faço o meu treino do Gym Coach. No momento, estou me concentrando nele. Como não tenho aparelho de remo em casa para os exercícios de resistência, mudo para um workout do Bodyweight. Não quero comprometer meu treino de resistência e os workouts do Bodyweight dão um bom equilíbrio.”

O que você mais gosta nos novos Coaches?

“A introdução do Freeletics Gym provocou um grande debate se o Freeletics permaneceu fiel a sua natureza. Originalmente, treinar com o Freeletics significava treinar apenas com o seu peso corporal. Acho que o lançamento dos novos Coaches, Freeletics Gym e Freeletics Running, polarizou a Comunidade Freeletics. Na minha opinião, os novos Coaches não são contradições, mas sim um complemento perfeito para o Coach original. O Freeletics apenas oferece novos jeitos de treinar, complementando os workouts de peso corporal com pesos ou com workouts de corrida. Cada método de treino funciona bem isoladamente, mas funciona ainda melhor quando são combinados entre si. A decisão de criar um sistema de treino com pesos foi um passo ousado do Freeletics. Eu gosto muito dessa cultura de ter uma mente aberta para treinar, já que gosto de treinar sob diferentes condições.”

Qual é o seu local favorito para treinar?

“Treinar com um grupo é sempre muito bom e especial, mas para mim o local em si não é tão importante. E, mais uma vez, é nessa hora que o “Livre” do Freeletics entra em jogo: Você pode realmente treinar em todos os lugares.”

O que mais te motiva?

“Uma das minhas maiores motivações é observar o meu próprio progresso. Eu nunca me senti tão em forma e saudável e a qualidade da minha vida mudou completamente. Também adoro ver que a minha história motiva a Comunidade Freeletics. Não há sensação melhor do que quando recebo mensagem de pessoas que se inspiraram com o meu vídeo de transformação no YouTube para começar o Freeletics. Ser um exemplo me devolve tanta energia que me mantém animado dia após dia.”

blog-fettwech-900x730-progress

Você tem alguma dica para treinar em um clima ruim?

“Sei que não é nada confortável treinar quando está frio ou chovendo. Mas tenho duas sugestões para esses casos. Ou você treina em casa, onde está quente e seco ou encara isso como mais um desafio para evoluir. Não deixe que o clima decida os seus objetivos. Faça o que você planejou fazer. Faça um grande treino. Quando você voltar para casa, vai poder aproveitar um banho quente e ter orgulho de si mesmo.”

O que você faz, adicionalmente, para embasar o sucesso do seu treino?

“Treinar pesado com paixão, dedicação e sem parar pode te levar a um novo nível. Mas nunca se esqueça de dar ao seu corpo tempo para se recuperar. É bom saber que você pode ir além de seus próprios limites que normalmente só existem na sua cabeça. Mas nunca se esqueça de que sua saúde é uma das coisas mais importantes que você tem. Coma e treine alinhado com seus objetivos. Mas nunca se esqueça de aproveitar a sua vida e estar com seus amigos e familiares. A vida é uma questão de equilíbrio.”

O que mais você gostaria de compartilhar?

“Eu treinei com centenas de atletas de toda a Europa. Algo que se revelou ser de grande importância foi que todos devem se divertir com o que estão fazendo. Não se compare muito com os outros. Tente ser um pouco melhor do que você foi ontem. Tente superar seus limites auto impostos, mas não às custas da sua saúde. Não se esqueça dos seus objetivos, mas não tente apressar sua jornada ou encontrar um atalho para alcançá-los. Pode levar algum tempo para ver as mudanças ou para melhorar. Quando você quiser desistir, lembre-se porque começou e continue. Cada pequeno passo é mais um passo rumo ao seu objetivo. Considere o seu treino como um hábito ou, eventualmente, um estilo de vida. Não só por 15 semanas, mas para o resto da sua vida.”

blog-fettwech-900x730-bw

Michael é apenas uma voz da Comunidade Freeletics que teve uma grande transformação e continuou sua jornada em direção à grandeza. Combinar dois dos sistemas de treino do Freeletics o ajudou a ir além dos seus limites. Mas há muitas outras histórias de sucesso, tais como a da Zaida, e a sua também. Se você já tiver conseguido bons resultados com o Freeletics Bodyweight, pode estar se perguntando se pode melhorar ainda mais adicionando o Freeletics Gym. Com ambos sistemas de treino, você não só se torna a sua versão mais grandiosa, mas também a mais forte. Descubra do que você é capaz. Comece a escrever a sua história agora.