Adquira o seu Coach

Dietas e o Efeito Sanfona Estão Acabando Com a Sua Saúde

As dietas e o efeito sanfona

Aí você se depara com um plano de dieta de 6 semanas, experimenta e perde algum peso, uhuuuuuuu! Mas em pouco tempo você volta a comer o que sempre comeu e o peso volta, então você encontra outra dieta e tenta de novo, e de novo... Isso te soa familiar?

As pessoas que lutam para conquistar o corpo dos sonhos conhecem bem o ganho de peso sazonal (weight cycling), ou a dieta com efeito sanfona. E para piorar há milhares de dietas por aí prometendo te ajudar a perder peso “em 30 dias ou menos!” através de restrições alimentares, shakes, suplementos, alimentos embalados, etc. O problema é que elas não funcionam. Algumas estimativas mostram que quase 80% das pessoas que perdem peso em dietas ganham o mesmo peso de volta, ou até mesmo alguns quilos extras. O pior é que o efeito sanfona pode prejudicar de verdade seu corpo e sua mente. Você só quer se sentir bem e melhorar sua aparência, mas as dietas com efeito sanfona podem comprometer a sua saúde. Continue lendo para descobrir como:

1) O seu metabolismo fica desregulado

Vamos encarar a realidade, somos animais. Nossos corpos tem instintos intrínsecos e um deles é permanecer vivo. Quando você faz uma dieta extrema - digamos, baixando das suas costumeiras 2.000 calorias por dia para 1.200 calorias - o corpo entra no modo de sobrevivência. Ele passa a agir assim: as células adiposas produzem um hormônio chamado Leptina, que indica ao seu cérebro que o corpo já consumiu gordura suficiente. Mas quando você perde a gordura corporal através da dieta, os níveis de leptina também caem, fazendo com que você se sinta “esfomeado” (você fica mal humorado e só consegue pensar em comida). Essa é a estratégia do corpo para fazer com que você não passe fome. Para piorar a situação, durante uma dieta de baixa caloria, o corpo queima menos calorias em um esforço para economizar energia. A fome extrema faz com que muitas pessoas interrompam a dieta e passem a comer em excesso, mas o metabolismo mais baixo faz com que elas ganhem mais peso do que perderam porque o corpo reduziu os esforços para queimar calorias enquanto tentava estocar reservas de gordura.

2) Ameaça seu bem-estar emocional

Imagine isso: você está sempre com fome, não está comendo os alimentos que gosta e não vê resultados no espelho. Nada desencadeia mais cascata de emoções negativas sobre comida e imagem corporal do que a dieta. Muitas pessoas têm uma relação distorcida com a comida, vendo-a como boa ou ruim, ou como uma recompensa ou uma punição. Isso se intensifica em uma dieta extrema que transforma o comer no centro das atenções.

É provável que você também se sinta mal consigo mesmo, se estiver fazendo dieta com efeito sanfona. Talvez você "trapaceie" na dieta e depois se culpe por isso. As dietas da moda encorajam o pensamento de curto prazo e fazem com que pareça muito fácil perder peso, mas como esses planos alimentares são extremos e insustentáveis, os que se aventuram por elas desistem e ainda se sentem fracassados. Repita isso várias vezes e provavelmente você vai sentir como se não tivesse controle sobre seu peso e sua aparência. Esses sentimentos de impotência e fracasso podem te levar ao fundo do poço, quando na verdade, o fracasso é da dieta e não seu.

3) Bagunça com sua flora intestinal

Há evidências de que a dieta com efeito sanfona desestabiliza as bactérias benéficas em seu sistema digestivo. Alguns estudos mostram que a perda e o ganho de peso repetidos podem desequilibrar as milhares de bactérias, conhecidas como floral intestinal. Esses agentes microscópicos são responsáveis por tudo, desde manter um sistema imunológico forte e ajudar na digestão, até diminuir a inflamação e produzir as vitaminas B e K. Em outras palavras, elas são muito importantes, então enfraquecê-las pode potencialmente causar muitos problemas ao corpo.

Ainda é preciso fazer mais pesquisas sobre outros possíveis efeitos colaterais da dieta com efeito sanfona, tais como o aumento do risco de doenças cardíacas, diabetes, derrame e cálculos biliares, devido ao stress causado pelo coração e pelos vasos sangüíneos. Nesses ponto a pesquisa ainda é inconclusiva, mas o que sabemos é o seguinte: não existe uma dieta milagrosa, e repetidamente perder e ganhar peso é uma batalha onde sua saúde já sai perdendo. A única maneira de vencer esta guerra é fazendo mudanças permanentes na alimentação e praticando exercícios. Não é fácil, mas os Atletas Livres sabem que dá pra fazer.