Adquira o seu Coach

Você se Acha Velho Demais?

MIKE

Quando foi a última vez que você deixou de fazer algo porque achou que não era para alguém da sua idade?

Embedded content: https://www.youtube.com/watch?v=rsyiPoejXcc&feature=youtu.be

Liberdade não tem nada a ver com a idade. A liberdade não tem prazo de validade. Ela não desaparece com o tempo ou se distancia cada vez mais com o passar dos anos. A liberdade é tão acessível para você agora como será para você amanhã e daqui a dez anos. A liberdade é atemporal e nem sempre tem a mesma forma, mas está sempre lá, esperando que você a compreenda.

O tempo passa muito rápido, e logo as oportunidades perdidas brilham mais do que as que ainda estão por vir. "Perdi minha chance", dizemos a nós mesmos, "não vale a pena continuar tentando". Mas a idade não é uma barreira fora do nosso controle, em vez disso, é algo que fabricamos para justificar a perda do que poderíamos ter sido. Estabelecemos limitações para os eventos da vida, porque categorizar e demarcar nossas vidas é confortável e reconfortante. Dividir nossas vidas em partes e episódios nos dá a sensação de que estamos "no caminho certo". No entanto, esse caminho é construído por aqueles que buscam a garantia de que suas vidas são "normais", que passam a vida entre espaços confinados. Disseram-nos que tudo o que fazemos tem uma data de venda: a faculdade é para os menores de 25 anos, viajar pelo mundo tem de ser feito antes de ter filhos, o condicionamento físico é só para os jovens. Aqueles que nos dizem isso são os que desistiram. Eles dão muita importância aos eventos da vida e nos dizem que romper essas linhas é de algum modo antinatural e errado. Eles criam barreiras porque as barreiras são reconhecíveis, confortáveis e fáceis.

O que eles não percebem é que são eles que vivem na ignorância. Idade é o que você faz dela. Se você age como se fosse velho, com o pé na cova, também vai se sentir assim. Nossa mentalidade não precisa mudar só porque outro ano se passou, continuamos a crescer, a desenvolver e a florescer até os nossos momentos finais, não temos de parar só porque atravessamos um limiar socialmente prescrito. A idade é uma barreira para a liberdade somente se você quiser.

Estudos comprovaram que um indivíduo de 70 anos que pratica exercícios cardiovasculares regulares está em uma condição física tão boa quanto um estudante universitário com um estilo de vida amplamente sedentário. Quando invocamos a idade como uma desculpa para não nos exercitarmos, nos livramos da liberdade em todas as suas formas, damos as costas a um futuro saudável e ativo em favor de uma vida em que apenas olhamos para o que fomos e não para o que poderíamos nos tornar. Aceitar a idade como uma barreira para a boa forma é aceitar que esta é a versão final de nós mesmos, que o auto-aperfeiçoamento não é mais possível, que estamos satisfeitos com a nossa sorte e contentes de viver o resto de nossas vidas nos limites claustrofóbicos que esculpimos para nós mesmos. Este encarceramento voluntário nunca é algo que planejamos, mas, quando chegar a hora, pode parecer muito confortável para resistir.

A idade não é só uma barreira, um bloqueio imponente e impenetrável que ameaça subverter nossos objetivos. Não, é muito pior, a idade é uma barreira confortável, é uma desculpa que podemos continuar invocando porque não é algo sobre a qual temos controle. A idade é inevitável e irreversível, não é um interruptor que podemos acionar quando as coisas passam do limite. O conforto e resignação nos impedem de sermos livres; ao passo que não estamos mais explorando ou desenvolvendo, ficamos presos e estacionários, afundando lentamente nas areias do tempo. Atrever-se a estar livre da opressão da idade é um passo ousado, sendo necessário rejeitar as normas sociais e todas as coisas confortáveis e fáceis, mas é totalmente necessário. Você pode achar que é muito velho, mas nunca é. Com um novo vídeo viral de algum fisiculturista de 80 anos compartilhado on-line todos os dias, você realmente não tem desculpa para não treinar porque acha que está "muito velho para isso". Vamos te contar uma coisa: você nunca está velho demais.

Quando rotulamos a idade como uma barreira para a boa forma, descartamos o resto de nossas vidas. À medida que envelhecemos, algumas portas podem se fechar, mas muitas outras se abrem. A idade não precisa ser uma barreira para a liberdade, mas uma porta giratória. À medida que algumas oportunidades passam pelo seu auge, outras mais emergem; a porta nunca precisa fechar. Apenas se atreva a ser livre da idade como uma barreira, e veja por si mesmo.

Experimente nos contar agora...você é mesmo muito velho?

Mike PT