Não me jogue na lixeira!

Header 8

Quem já preparou uma festa de Natal, sabe como a lata de lixo fica transbordando. Apesar de a maioria das pessoas achar que todas as sobras devem ser jogada no lixo, certos pedaços de alimentos como cascas, peles e talos podem ser usados de outras maneiras e, na verdade, muitas vezes contêm os nutrientes mais poderosos de todos. Então, se você quiser economizar espaço na sua lata de lixo enquanto adiciona mais nutrientes à sua mesa de jantar, aqui está o que não se deve jogar fora:

Talos de brócolis

Você normalmente pega as cabeças do brócolis e joga o resto no lixo? Então você não sabe o que está perdendo. Os talos de brócolis são a melhor parte! O caule não só contém todos os mesmos nutrientes que os floretes, mas também é uma fonte de sulforafano – um antioxidante fitoquímico que tem propriedades antinflamatórias que protege de dano as células do DNA. Refogue os seus talos com outros vegetais (lembrando que eles podem precisar de mais tempo do que os floretes), cozinhe-os no vapor, asse-os, ou misture em uma sopa ou no purê.

Casca de laranja

Por que jogar fora algo que cheira tão bem? A casca da laranja pode ser usada para decorar sobremesas e bebidas como, por exemplo, o ponche do Freeletics. Também vale a pena manter um estoque de emergência na geladeira só para o caso de bater aquela vontade de assar alguns cookies de laranja e gengibre, ou você pode até misturar na sua aveia para dar ao seu café da manhã um impulso extra. As cascas são ricas em vitamina C e em muitas outras vitaminas e minerais essenciais que, além de decorarem seu seu prato de laranja, também fortalecem seu sistema imunológico.

Talos de couve

Você gosta muito de couve? Então pare de jogar os talos fora! A couve é o novo vegetal de Natal. Ela aparece em saladas, acompanhamentos e sopas. Mas por que parar por aí? Guarde o talo e transforme-o em um pesto cremoso ou um smoothie verde desintoxicante para o dia 1º de Janeiro.

Sementes de abóbora

As sementes das abóboras são cheias de muitas vitaminas vitais e magnésio, que é crucial para a contração muscular e o metabolismo dos nutrientes. Então, ao invés de jogar o miolo na lixeira, enxágüe-o e reserve para assar e adicionar em saladas, sopas ou então simplesmente aproveitar como petisco.

Casca de kiwi

O kiwi pode não ser a sua fruta típica de Natal mas, como já estamos no tema do que não desperdiçar, não podemos esquecer deste. Isso mesmo, a casca do kiwi é totalmente comestível e torna as frutas cheias de nutrientes ainda mais nutritivas. Embora esta camada externa difusa possa não parecer tão atraente, o que falta em textura e sabor, compensa em fibra e vitamina C.